Ensino superior

Assembleia dos professores da Unib aceita proposta patronal

Atualizada em 14/12/2021 13:09

Reunidos em assembleia na segunda-feira (13), professoras e professores da Universidade Ibirapuera (Unib) decidiram aceitar a contraproposta da mantenedora e suspender a greve, que deveria paralisar as atividades a partir de 14 de dezembro.

A proposta patronal foi enviada ao SinproSP no final da tarde de segunda-feira, momentos antes do início da assembleia. Sobre a dívida referente aos salários de setembro, outubro e novembro, bem como o abono salarial, a mantenedora comprometeu-se a quitá-la entre os meses de março a junho/2022, em parcelas iguais.

A representante patronal também prometeu que a primeira parcela do 13º Salário será creditada em 23 de dezembro e os salários de dezembro/2021 e de janeiro/2022 serão pagos, respectivamente, nos meses de janeiro e fevereiro.

O SinproSP respeita a decisão soberana da Assembleia, mas alerta que a conduta da mantenedora, em todos esses meses, mostrou que a Instituição não é digna de confiança. Por isso, os professores devem permanecer mobilizados.

O Sindicato vai acompanhar de perto o cumprimento do acordo e continuará ao lado da categoria, lutando pelo respeito aos direitos e pela dignidade profissional.

Pra entrar em contato com o SinproSP, escreva para unib@sinprosp.org.br. Sigilo garantido!