Ensino superior

Ensino superior: avise o SinproSP se o abono salarial não foi pago

Atualizada em 16/10/2021 12:33

As mantenedoras do ensino superior tinham até ontem, 15 de  outubro, para pagar a segunda parcela do abono salarial ou da participação nos lucros ou resultados (PLR) aos professores e demais trabalhadores não docentes. Caso o valor não tenha sido creditado, basta enviar um email para superior@sinprosp.org.br. O sigilo é totalmente garantido.

A exemplo do que ocoreu em julho, data de pagamento da primeira parcela, uma vez recebida a denúncia, o Sindicato vai cobrar o  valores devidos para todos os professores. Numa primeira etapa, a mantenedora será chamada ao Forum de Conciliação de Conflitos Coletivos. Caso ela apresente alguma proposta de pagamento, o SinproSP convocará as professoras e os professores para uma assembleia, a única instância com poder de deliberação. O SinproSP não assina nenhum acordo sem estar autorizado pelos professores.

Quem tem direito

O abono (ou PLR) está garantido a quem estiver em exercício no ano de 2021. Quem foi admitido neste ano, recebe pelo salário do mês anteior ao pagamento. Quem já lecionava na empresa em 2020, o abono deve ser calculado pela média dos salários, excluidos os meses em que houve suspensão  do contrato de trabalho ou redução temporária da carga horária em decorrência da Medida Provisória 936. O abono não é devido a quem lecionou em 2020 e já saiu da Instituição.

Atualize os seus dados

Os informes e as chamadas de assembleia são sempre feitas por email. Por isso, é muito importante você manter os seus dados atualizados no Sindicato. Se não for filiado, aproveite a oportunidade ou pelo menos, cadastre-se para receber os informes.