Educação

Fonemas da liberdade, um lindo documentário

Atualizada em 07/10/2021 18:15

Durante a mesa de conversa sobre Paulo Freire, realizado pelo SinproSP Cultura no dia 05 de outubro, uma das professoras convidadas, Branca Jurema Ponce (PUCSP),  falou de um documentário que havia sido recentemente, como parte das comemorações do centenário do patrono da educação nacional. 

A professora Branca referia-se a Fonemas da LIberdade, um filme comovente, dirigido por Catherine Murphy e produzido pela The Literacy Project, com a colaboração do Sesc, Bela Filmes, consulado da Suiça em São Paulo e Instituto Paulo Freire. O documentário fala do projeto pioneiro de alfabetização de adultos implantado por Paulo Freire na cidade de Angicos, no Rio Grande do Norte, em 1963. A bem sucedida experiência foi encerrada com o golpe de 1964. Paulo Freire foi preso no dia 02 de abril.

Ao longo de 28 minutos, o filme mescla imagens e reportagens da época, trechos de entrevistas de Paulo Freire e depoimentos de  alunos e pessoas que participaram do projeto. como Marcos Guerra, coordenador, e Valquíria Felix, professora. O mais comovente são os relatos da dona Maria, do seu Paulo, da Dona Luiza, da dona Eneide, que aos seis anos assistiu às aulas com os seus pais e hoje, finalizou um livro que será publicado. São histórias lindas, repletas de afeto e encantamento pela lousa, pelo slide e  pelas descobertas de cada letra, cada sílaba, cada palavra escrita.

Fonemas da Liberdade está disponível no YouTube. Para assistir, clique na imagem: