Geral

Os protestos contra a foto de Bolsonaro com criança empunhando arma de brinquedo

Atualizada em 07/10/2021 17:21

O Comitê de Direitos das Crianças da Organização das Nações Unidas divulgou, dia 05, nota de repúdio contra foto em que Bolsonaro aparece com uma criança fardada, que carregava uma arma de brinquedo. Dois dias antes, o Movimento Nacional de Direitos Humanos havia encaminhado carta, com o apoio de mais de oitenta entidades, denunciando o lamentável episódio. Veículos da imprensa também questionaram o orgão da ONU a respeito das imagens.

Segundo a nota, a participação de crianças em eventos que promovem hostilidadeé proibida pela Convenção sobe os Direitos da Criança, da qual o Brasil é signatário. "Isso inclui o uso de crianças em quaisquer atividades relacionadas com conflitos e a produção e disseminação de imagens de crianças envolvidas em hostilidades reais ou simuladas",. A informação é do jornalista Jamil Chade, no portal UOL.

A Sociedade Brasileira de Pediatria também divulgou repudiou as imagens, na nota Arma Não é Brinquedo, divulgada no dia 1º. Não deixe de ler.

 

A nota foi uma resposta ao protesto encaminhado no dia anterior 

Leia mais em: https://veja.abril.com.br/mundo/comite-da-onu-condena-uso-de-crianca-fardada-por-jair-bolsonaro/