Congresso

10º Congresso da Fepesp: delegadas e delegados já inscritos

Atualizada em 17/09/2021 14:55

Por Fepesp, publicado em 15 de setembro de 2021

Foi concluída nesta quarta-feira, 15/09, a inscrição de delegadas e delegados ao 10° Congresso da Fepesp, e 147 professoras, professores e auxiliares de administração escolar irão representar 22 sindicatos integrantes da Federação no encontro.

O congresso é a instância máxima de deliberação da Federação dos Professores do Estado de São Paulo e tem a função de estabelecer a linha de ação e eleger a diretoria da entidade. Este 10º Congresso será realizado nos dias 1 e 2 de outubro e irá eleger a diretoria para o quadriênio 2021-2025. Este ano, em função das limitações ainda impostas pelo combate à pandemia do novo coronavírus, o congresso será realizado no formato virtual.

Além de entidades parceiras, parlamentares e convidados especiais, a abertura do 10º Congresso Fepesp na sexta-feira, dia 1ºde outubro, terá palestra e exposições com o advogado José Eymard Loguercio (LBS Associados, com o tema ‘organização sindical dos trabalhadores’) e Antonio Augusto de Queiroz (DIAP, sobre ‘conjuntura política nacional’).

Participam do 10º Congresso Fepesp com delegadas e delegados certificados os sindicatos do ABC, Araçatuba e região, Bauru e região, Campinas e região, Franca, Guarulhos, Indaiatuba/Salto/Itu, Jaú, Jundiaí, Leme e região, Osasco e região, Ourinhos, Presidente Prudente e região, Ribeirão Preto e região, Santos e região, São Carlos, São José do Rio Preto (Sinpro e Saae), São Paulo, Sorocaba e região, Taubaté e região e Valinhos-Vinhedo.

Delegados do SinproSP

O SinproSP levará ao Congresso da Fepesp 57 delegadas e delegados, número proporcional à sua base de representação no estado de São Paulo.

Do total de 57 delegados, três são natos e 54 foram eleitos em assembleia, realizada dia 19 de agosto. A ata e a lista de presença foram registradas no 5º Oficial de Registro de Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica da Comarca da Capital.

Embora não seja uma exigência estatutária, o registro em cartório garante transparência ao processo e, por isso mesmo, é uma prática adotada em todos os atos do SinproSP.

Os nomes dos delegados eleitos e dos professores presentes na assembleia que constam da ata encontram-se protegidos pela Lei Geral de Proteção de Dados e sua divulgação deve observar rigorosamente as determinações legais.