Direitos

Dissídio Coletivo da Ed. Básica: audiência de conciliação é marcada

Atualizada em 13/07/2021 11:09

O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região marcou para a próxima quinta-feira, dia 15 de julho,  audiência de conciliação entre a Fepesp, o SinproSP e demais sindicatos e as entidades patronais - Sieeesp e Feesp, que representam as escolas de educação básica no estado de São Paulo. Por conta da pandemia a sessão será realizada por videoconferência, a partir das 16h, com acesso restrito aos advogados e repesentantes dos sindicatos.

Essa é fase preliminar da ação de dissídio coletivo, quando o relator busca uma alternativa para que o processo seja encerrado por acordo entre as partes, sem a necessidade de julgamento.

Se não houver possibilidade de acordo, a ação terá prosseguimento. Não há prazo para o julgamento, que será realizado pelo tribunal pleno da Sessão Especializada em Dissídio Coletivo do TRT, constituído por dez desembargadores.

O SinproSP divulgará o resultado da audiência assim que ela se encerrar.