Ensino superior

Professores da FMU/FIAM/FAAM aprovam proposta de acordo coletivo

Atualizada em 01/07/2021 16:03

Reunidos em assembleia virtual em 30 de junho, professoras e professores da FMU, FIAM e FAAM aprovaram, por 94%, proposta para pagamento do abono de 50% e das férias coletivas.

Pelo acordo aprovado, os professores receberão o abono integralmente no dia 15 de julho e não em duas parcelas, em o6/07 e 15/10, como prevê a Convenção Coletiva.

Quanto às férias, elas seriam pagas antecipadamente, junto com o adicional de 1/3. De fato, o valor foi depositado no dia 30/06. Como se sabe, a Medida Provisória 1.046, de 27 de abril de 2021, deu às empresas a possibilidade de pagar, excepcionalmente, as férias no quinto dia útil do mês subsequente e o adicional de 1/3, junto com o 13º Salário, no dia 20 de dezembro.

Histórico

O SinproSP havia sido procurado pela Mantenedora da FMU, FAAM e FIAM, que alegou problemas operacionais para pagar a primeira parcela do abono no dia 06 de junho. O SinproSP negociou uma compensação, que previa a quitação das duas parcelas de uma só vez.

Finalizada a proposta, que incluía também a antecipação das férias, o SinproSP convocou a Assembleia, já o Sindicato só assina acordo coletivo quando autorizado pela categoria. Dessa forma, as professoras e professores presentes virtualmente à Assembleia, deliberaram pela aprovação da proposta.

Reunidos em assembleia virtual em 30 de junho, professoras e professores da FMU, FIAM e FAAM aprovaram, por 94%, proposta para pagamento do abono de 50% e das férias coletivas.

Pelo acordo aprovado, os professores receberão o abono integralmente no dia 15 de julho e não em duas parcelas, em o6/07 e 15/10, como prevê a Convenção Coletiva.

Quanto às férias, elas seriam pagas antecipadamente, junto com o adicional de 1/3. De fato, o valor foi depositado no dia 30/06. Como se sabe, a Medida Provisória 1.046, de 27 de abril de 2021, deu às empresas a possibilidade de pagar, excepcionalmente, as férias no quinto dia útil do mês subsequente e o adicional de 1/3, junto com o 13º Salário, no dia 20 de dezembro.

Histórico

O SinproSP havia sido procurado pela Mantenedora da FMU, FAAM e FIAM, que alegou problemas operacionais para pagar a primeira parcela do abono no dia 06 de junho. O SinproSP negociou uma compensação, que previa a quitação das duas parcelas de uma só vez.

Finalizada a proposta, que incluía também a antecipação das férias, o SinproSP convocou a Assembleia, já o Sindicato só assina acordo coletivo quando autorizado pela categoria. Dessa forma, as professoras e professores presentes virtualmente à Assembleia, deliberaram pela aprovação da proposta.