Ensino superior

Federações cobram reunião urgente com patrões do Superior

Atualizada em 22/04/2021 16:38

A Fepesp (entidade de nível estadual da qual o SinproSP faz parte), junto das federações que representam os auxiliares e os demais trabalhadores escolares – FEPAAE e FETEESP, enviou ao sindicato dos mantenedores das instituições de ensino superior uma carta cobrando com urgência uma nova reunião. A data proposta para o encontro virtual é 26 de abril.

A iniciativa de marcar a rodada de negociação se dá depois da comissão patronal enviar um ofício apresentando uma “nova proposta” que prevê salários congelados por dois anos e flexibilização de direitos como garantia semestral de salários, férias e recesso. Algo totalmente diferente do que vinha sendo discutido entre os sindicatos e os patrões.

Vale lembrar que desde o início das negociações salariais, os sindicatos de professores e a Fepesp nunca se recusaram a dialogar, buscando alternativas de médio prazo, capazes de superar esse período de excepcionalidade. Contudo, mesmo realizando incontáveis tentativas de retomar as negociações salariais, os patrões sempre apresentavam evasivas extraoficiais.

Espera-se agora que os mantenedores parem de se esquivar e negociem seriamente.