ASSEMBLEIA

Campanha Salarial: professores da educação básica têm assembleia sábado, 24

Atualizada em 19/04/2021 10:47

Hora de discutir também a Campanha Salarial! O SinproSP está chamando as professoras e os professores da educação básica para mais uma assembleia no próximo sábado, dia 24, às 10h. Na pauta, a deliberação sobre uma eventual proposta patronal, a mobilização da categoria a possibilidade de ingresso de dissídio coletivo no Tribunal Regional do Trabalho, na hipótese de fracasso das negociações.

Uma nova rodada de negociação com os representantes patronais acontecerá na quinta-feira (22). Eles irão responder à contraproposta apresentada pelos vinte e cinco sindicatos que integram a Fepesp no dia 06 de abril. Na ocasião, os patrões se comprometeram a submetê-la a assembleias patronais e agora devem comunicar o resultado. Como a Campanha Salarial é unificada, todas as entidades  realizarão assembleias nesta semana.

A contraproposta dos sindicatos foi definida por consenso no Conselho de Entidades Sindicais. Como o SinproSP já havia divulgado, ela mantém as cláusulas sociais do Dissídio Coletivo 2019/2020 julgado em fevereiro de 2020, ao contrário do que querem os patrões, que defendem a renovação das cláusulas da Convenção de 2018.

Também assegura reposição integral da inflação e participação nos lucros e resultados nos dois anos. Em 2021, o reajuste de 6,29% pagos em duas parcelas - março e agosto - e PLR de 15% em outubro. Em março de 2022, reposição integral da inflação acumulada nos doze meses anteriores e, em outubro, nova PLR de 15%. Além disso, os sindicato defendem regras transitórias durante a pandemia para garantir o direito à saúde e à vida. Se

A Campanha Salarial está se dando em condições especialíssimas, com desafios que precisam ser urgentemente discutidos e enfrentados. Diante deste cenário é fundamental a participação das professoras e dos professores na assembleia e em toda a Campanha Salarial. É preciso estar juntos para defender os direitos e defender a vida.

Leia também:

Sindicatos insistem nas cláusulas garantidas pelo Dissídio Coletivo (07/04/2021)

Convenção Coletiva, Dissídio, Acordo Coletivo: entenda as diferenças (07/04/2021)

Patrões querem pacelar reajuste (31/03/2021)

Educação básica: reajuste e duração da Convenção na pauta da negociação (23/03/2021)

Primeira reivindicação: aulas remotas pra evitar o vírus (02/03/2021)

Educação Básica: pauta de reivindicações entregue e data base garantida (23/02/2021)

Educação básica: pauta de reivindicações começa a ser unificada  (18/02/2021)