Direitos

SinproSP notifica sindicato patronal e escolas

Atualizada em 12/04/2021 16:06

O Sieeesp, sindicato das escolas particulares, recebeu hoje, dia 12, notificação do SinproSP reafirmando a manutenção da greve de atividades presenciais iniciada em 11 de março. A carta também foi enviada por email a todas as escolas. A greve, limitada às atividades presenciais, foi decidida pela Assembleia das professoras e dos professores de educação básica realizada em 06 de março e reafirmada nas assembleias subsequentes.

O documento informa que os professores estão amparados pela Constituição Federal e relembra que o SinproSP já havia feito a  notificação de greve em 08 de março, como determina a Lei de Greve (Lei 7.783/1989).

O Sindicato também se refere à decisão judicial que impede a convocação de professores para atividade presenciais durante as fases vermelha e laranja do Plano São Paulo e  requer que o Sieeesp avise as escolas particulares para que disponibilizem as ferramentas necessárias ao trabalho remoto dos professores.

Por fim, a carta alerta ainda que "qualquer punição, desconto salarial ou coação fere o direito de greve".  

A notificação enviada hoje foi um compromisso assumido pelo SinproSP na assembleia. O Sindicato também já está recebendo denúncias sobre  as escolas que estão convocando professores ao trabalho presencial.

CLIQUE NA IMAGEM PARA LER A NOTIFICAÇÃO NA ÍNTEGRA