Direitos

Professores da UniSant’Anna retomam greve

Atualizada em 27/10/2017 12:11

Reunidos em assembleia na noite de quinta-feira, 26, os professores da UniSant’Anna decidiram retomar a greve. O motivo: a Mantenedora não cumpriu o que prometeu e não pagou a segunda parcela da dívida trabalhista (saldo do salário de março, junho e as férias de julho).

Os atrasos nos pagamentos não são novidade na UniSant’Anna. O acordo firmado no Tribunal Regional do Trabalho previa a quitação da dívida em duas parcelas, 12/09 e 12/10, mas não foi o que ocorreu. Após diversas promessas, depósitos parciais e muita paciência dos professores, a Mantenedora liquidou a primeira parcela da dívida somente em 10/10.

Já no que cabe ao pagamento da segunda parcela (cujo prazo já tinha sido estendido duas vezes a pedido dos patrões), a Universidade ainda não se manifestou ou apresentou uma possível nova data. Enquanto isso, a greve dos professores permanecerá até a UniSant’Anna honrar o compromisso que tem com o corpo docente.

Uma nova assembleia está marcada para 09/11, data em que vence o prazo para o pagamento do salário de outubro.