Geral

Retorno às aulas com assembleias

Atualizada em 27/07/2017 16:34

As aulas na Unisant′Anna e na FMU podem não começar. O SinproSP chamou assembleias nos dia 1o/08 e 02/08, respectivamente, que podem resultar em greve.

Unisant′Anna

Os professores da Unisant′Anna não receberam os salários de maio e junho e as férias de julho. O SinproSP marcou uma assembleia da categoria para depois das férias, dia 1o de agosto a partir das 18h30. O Sindicato também cobrou a Mantenedora, que alegou falta de recursos. Além disso, o Departamento Jurídico do SinproSP entrou com ação na Justiça para cobrar as férias em dobro, uma vez que elas não foram pagas.

A convocação para a assembleia começou a ser feita no início de julho e desde então, o SinproSP tem defendido que as aulas só comecem se a dívida não quitada. A assembleia deve deliberar sobre as estratégias de luta, inclusive a possibilidade de greve.

ASSEMBLEIA DOS PROFESSORES DA UNISANT′ANNA

FMU

Reunidos em assembleia no SinproSP, dia 03/07, os professores aprovaram greve, no retorno das aulas em agosto, contra a reestruturação curricular, que vai reduzir linearmente 25% das aulas, e as 220 demissões ocorridas no final de junho.

O SinproSP ingressou com ação de Dissídio de Greve exigindo a suspensão das medidas. Uma primeira audiência de conciliação foi realizada no dia 13/07 e uma nova sessão, incialmente marcada para o dia 27, foi transferida para 02/08. Neste mesmo dia, às 16h, os professores da FMU voltam a se reunir em assembleia no SinproSP para discutir eventuais propostas surgidas no Tribunal e a continuidade do movimento.

ASSEMBLEIA DOS PROFESSORES DA FMU