Geral

Hora de ampliar a participação dos professores na paralisação do dia 28

Atualizada em 12/04/2017 22:51

Desde a assembleia de 08/04, professores têm entrado em contato com o SinproSP para buscar informação, esclarecer dúvidas, pedir material e agendar visitas. O Sindicato reuniu nesse pequeno guia de orientação as principais demandas sobre a Greve Geral do dia 28. Confira:

A conversa na sala dos professores

Nem sempre é fácil discutir a paralisação, especialmente quando coordenadores ou diretores permanecem na sala dos professores durante o intervalo de aulas. Mas não existe muita alternativa a não ser conversar sobre a greve do dia 28. Afinal, estamos lutando por nossa aposentadoria e pelo direito à proteção das leis trabalhistas.

É bom lembrar que os coordenadores também serão atingidos pela reforma previdenciária e que a greve é um ato legítimo para pressionar o Congresso Nacional.


Lembre-se: a escola onde você trabalha já está avisada da greve

O SinproSP enviou um comunicado para todas as escolas de educação básica e instituições de ensino superior informando a adesão da categoria à greve geral por decisão soberana da assembleia de 08 de abril. Leia a íntegra da carta enviada pelo Sindicato.


Quem avisa os pais e alunos da paralisação?

A comunicação aos pais é de responsabilidade da escola.


Chame sempre o SinproSP

O SinproSP disponibilizou uma linha e um email específicos para conversar com os professores, além de manter um diálogo constante no facebook. Escreva, informe o que está acontecendo na sua escola. Avalie com os seus colegas sobre a necessidade ou não de deslocar um diretor do SinproSP para conversar com o corpo docente. É só chamar no 28euparo@sinprosp.org.br ou ligar para 5080.5988.


Informações e orientações devem ser concentradas no SinproSP

O sindicato está organizado para orientar a categoria com segurança, inclusive em questões legais. Cuidado com a boataria! Ela serve apenas para pressionar os professores e desestimular a luta. Qualquer dúvida ou informação sobre a paralisação deve ser concentrada no SinproSP.


Notícias atualizadas são importantes na mobilização

Todos os dias o SinproSP publica notícias confiáveis e orientações importantes a paralisação e também sobre a tramitação da reformas no Congresso Nacional. Acesse o site, siga o SinproSP no FACEBOOK e compartilhe!


Divulgação e material sobre a Greve

Boletim impresso, adesivos e camiseta do “Nenhum Direito a Menos” estão disponíveis para todos os professores. É só pedir pelo email 28euparo@sinprosp.org.br ou no telefone 5080.5988. Indique a quantidade aproximada.

O SinproSP também lançou a campanha #28EUPARO para facebook e twitter no twibbon.


Ações a partir do dia 17

No dia 17/04 será realizada no SinproSP a primeira reunião do comando de greve tirado na Assembleia do dia 08 e formado por professores que participaram da Assembleia.Nos dias 18, 19 e 20 estão programadas panfletagens em estações do Metrô com grande concentração de escolas e instituições de ensino superior, como Santa Cruz, São Joaquim e Barra Funda.


Orientação sobre o desconto de faltas

Com a greve marcada para o dia 28, o desconto de faltas e a reposição de aulas vieram à tona. Os professores – sejam eles mensalistas ou aulistas – têm o desconto de faltas regulamentado na Convenção Coletiva de Trabalho. Veja aqui como o desconto deve ser calculado.


Orientação sobre reposição de aulas

A reposição de aulas não é obrigatória, salvo se houver necessidade de complementação dos 200 dias letivos. Se as aulas não ministradas na greve forem repostas, elas devem ser pagas como hora extra, já que o trabalho será realizado fora do horário habitual de trabalho.