Direitos

Assembleia define rumos da campanha salarial no ensino superior e Sesi/Senai

Atualizada em 25/03/2017 11:42
"Mobilização é fundamental", diz Luiz Antonio Barbagli

Professores do ensino superior e do Sesi e Senai participaram , dia 25/05, de assembleia para deliberação sobre as contrapropostas patronais e os rumos da Campanha Salarial 2017.

Na primeira parte da assembleia, foi discutida a ofensiva contra os trabalhadores, com a reforma previdenciária e trabalhista e o projeto de terceirização (PL 4.302), aprovado dia 22/03.

O presidente do SinproSP, Luiz Antonio Barbagli, lembrou que ainda há um outro projeto de lei sobre terceirização no Senado (PLC30) que deve ser votado. “Dependendo do que vier a ser aprovado no plenário do Senado, a terceirização pode ser ainda mais aprofundada”, afirmou o presidente do SinproSP.

Greve geral na segunda quinzena de abril

Barbagli também falou da greve geral que está prevista para a segunda quinzena de abril (a data ainda não foi definida) e da importância da participação dos professores. Ele chamou os professores presentes à assembleia para uma reunião no SinproSP, dia 08/04, onde serão discutidas as estratégias para a greve geral convocada por sete centrais sindicais - CUT, Força Sindical, UGT, Nova Central, CTB, CSB e CSP-Conlutas.

O SinproSP também apoia as manifestações que estão previstas para o dia 31 de março.  

Confira as deliberações:

Assembleia dos professores do ensino superior

Assembleia dos professores e técnicos de ensino do Sesi e Senai