Ensino superior

Os poços de problemas chamados Sumaré e UnB

Atualizada em 10/07/2020 14:21

Duas insitutições de ensino são hoje sinônimos de problemas: o Centro Universitário Sumaré e a União Bandeirante de Educação e Cultura (UnB). No dia 07, o SinproSP fez uma reunião com a Sumaré para tentar anular as mudanças na carga horária e na forma de remuneração dos professores. Um dia depois, esteve no Ministério Público do Trabalho com o deputado Carlos GIannazi, para tentar dar uma solução aos graves problemas sofridos pelos professores. Veja o que aconteceu:

►Faculdade Sumaré se recusa a anular proposta de redução da carga horária e SinproSP vai à Justiça

►Ministério Público do Trabalho da prazo de três dias para UNB pagar professores