Ensino superior

Faculdade Campos Elíseos demite por email e não paga professores

Atualizada em 15/04/2020 18:39

A denúncia recebida pelo SinproSP é grave: cerca de quinze professores foram demitidos da Faculdade Campos Elíseos - por email - no dia 1º de abril e não receberam nem o salário de março nem as verbas rescisórias. A faculdade também é acusada de não depositar o FGTS, atrasar os salários , nem pagar hora extra.

Em fevereiro, depois de iniciado ano letivo, a faculdade avisou alunos e professores da substituição de parte das aulas presenciais por EaD, descumprindo a Portaria  do MEC 2.117, que exige a comunicação da mudança no período letivo anterior. O SinproSP convocou a Mantenedora da Faculdade Campos Elíseos ao Foro de Conciliação de Confitos Coletivos por duas vezes, mas ela simplemente não compareceu.

Desta vez, os alunos ficaram sabendo minutos antes da aula de que os professores tinham sido demitidos e eles teriam a aula pelo AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem).

O SinproSP tomará as medidas jurídicas cabíveis contra a Faculdade Campos Elíseos, que também será denunciada formalmente à Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia, tão logo as atividades do órgão sejam retomadas.