Coronavírus

Professores em férias não podem trabalhar

Atualizada em 30/03/2020 21:34

Muita atenção! A escola que decidiu seguir a recomendação intempestiva do Sieeesp e está aproveitando a quarentena para antecipar as férias de professoras e professores deve assumir integralmente essa determinação – e não pode chamar os docentes para nenhum tipo de atividade, presencial ou a distância. Isso significa, inclusive, não acessá-los por whatsapp, e-mail ou qualquer outro meio.

Nenhuma tarefa deve ser realizada nesse período. Se alguém for convocado ou incomodado por mensagens ou cobranças da coordenação ou da direção, deve denunciar ao SinproSP imediatamente. Vamos entrar em contato para exigir o respeito às férias impostas ao corpo docente unilateralmente. 

O SinproSP garante sigilo absoluto e a denúncia pode ser feita pelo atendimento eletrônico (www.sinprosp.or.br/atendimento-eletronico), mensagem de whatsapp (11 95278-1230) ou telefone (5080.5988, das 11h às 15h).

Espera-se também que, no retorno às aulas, as escolas tenham o cuidado e a responsabilidade de dedicar alguns dias para o planejamento pedagógico e a reorganização do calendário. Um novo semestre (e será um longo semestre...), afinal, estará começando.