Geral

Assembleia aprova previsão orçamentária e manutenção do SinproSP em 2020

Atualizada em 08/11/2019 12:21

Reunidos em assembleia na quinta-feira, 07, as professoras e os professores filiados ao SinproSP aprovaram a previsão de receitas do SinproSP para o próximo ano e como os recursos deverão ser empregados. A assembleia também aprovou mudança na mensalidade associativa, sem alterar o valor pago pelos professores.

O orçamento previsto para 2020 é inferior aos orçamentos de anos anteriores, em decorrência do fim da compulsoriedade da contribuição sindical instituído pela reforma trabalhista. Há muitos anos, o SinproSP vinha se preparando para mudanças no sistema de arrecadação e foi pioneiro na proposta de se manter apenas com a mensalidade de seus associados. Ainda assim, o fim abrupto do imposto sindical impactou o orçamento do Sindicato.

Mensalidade associativa

Um dos reflexos do fim do imposto sindical foi a dificuldade em manter o fluxo de caixa nos primeiros meses do ano. Assim, a Assembleia manteve a mesma anuidade de 9% de um salário mensal  , mas diluiu esse valor em doze parcelas de 0,75%, descontadas de janeiro a dezembro e não mais nove parcelas de 1%, de abril a dezembro, como é feito atualmente.

Quem trabalha em mais de um lugar, contribui somente sobre uma das remunerações e escolhe sobre qual salário a mensalidade será descontada.

Fortalecimento do sindicato

A decisão de consolidar a sustentação financeira do Sindicato dos Professores de São Paulo exclusivamente a partir das contribuições de seus filiados e filiadas foi tomada em Assembleia da categoria, realizada em 1998. Esse entendimento estratégico, que só foi reforçado ao longo dos anos, está sintonizado com a perspectiva de que a força política da entidade vem justamente da relação próxima, democrática e transparente que ela estabelece com sua base. Vem também da convicção da categoria que cabe a ela fortalecer e viabilizar, inclusive economicamente, as ações e lutas de seu sindicato. É uma solidária via de mão dupla.

Essa jornada construída coletivamente fez com que o SinproSP passasse a investir, desde então, num amplo e permanente movimento de sindicalização, estabelecendo um vínculo estreito com a categoria, independência econômica da entidade e consequente fortalecimento do Sindicato, que chega ao final de 2019 com mais de 22 mil professoras e professores filiados.

É o Sindicato, afinal, quem acompanha, orienta, acolhe e protege a categoria que representa, nas mais diferentes lutas, sobretudo em tempos tão embrutecidos e de tão perversos ataques aos direitos das trabalhadoras e trabalhadores.

Se você ainda não é filiado ao SinproSP, sindicalize-se e ajude a fortalecer a categoria.

#TamoJunto