Geral

Grupo de pais lança abaixo-assinado em apoio à Greve Nacional da Educação

Atualizada em 13/05/2019 23:45

O grupo InterEscolasSP, composto por mais de 160 mães e pais de diferentes escolas, divulgou uma moção de apoio à Greve Nacional da Educação de 15 de Maio, disponível na internet para receber novas assinaturas de adesão.

O InterEscolas surgiu durante a Campanha Salarial dos Professores em 2018 em apoio aos professores. Esse apoio espontâneo sensibilizou a categoria e foi muito importante para o fortalecimento da luta e a vitória do movimento.

Desta vez, manifesta-se em apoio à Greve Nacional e também conclama professores e demais profissionais de Educação a aderirem ao movimento. Leia a íntegra do documento:

FAMÍLIAS INTERESCOLAS EM APOIO À GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO - 15/05/2019

Enquanto pais, mães e responsáveis por estudantes brasileiros, nos sentimos, mais uma vez, convocados a nos manifestar publicamente contra os retrocessos anunciados e iniciados na Educação do país - cortes orçamentários, mudanças nas políticas e diretrizes em todos os níveis, da Educação Infantil ao Ensino Superior.

Entendemos que o papel social das comunidades escolares - famílias, professores, estudantes e docentes - ultrapassa os muros das nossas instituições, por isso, nos vemos mobilizados a defender a Educação em contextos mais amplos, de forma política, democrática e apartidária, por isso, declaramos nosso apoio ao movimento nacional de paralisação do dia 15/05/2019.

Convidamos você a participar assinando AGORA a nossa moção de apoio:

moção de apoio

O grupo de famílias interescolas reúne mais de 160 pais e mães de diferentes escolas. Somos um grupo plural, com divergentes posições sobre vários aspectos do atual momento do país, mas o ponto em comum que nos une neste momento é o apoio à Educação. Como pais, māes e familiares, entendemos que universidades e escolas públicas e particulares estão correndo grande risco com essa política educacional que articula cortes no ensino e na pesquisa, além de perseguição ideológica.

Por nós, por nossos filhos e filhas, por todos os brasileiros, convidamos alunos, professores, coordenadores, diretores e profissionais da Educação a parar as atividades nesta quarta-feira, dia 15/05 e comparecer à manifestação que acontecerá na Av. Paulista/MASP, em São Paulo, e em outros locais de visibilidade em outras cidades do Brasil.