Geral

Reações em cadeia contra os ataques de Bolsonaro e Weintraub

Atualizada em 02/05/2019 19:57

O que dizer de um presidente e de um ministro da Educação que apoiam e incentivam a delação de professores por meio de gravações ilegais durante as aulas? A resposta chegou pelas redes sociais. Em pouco tempo, milhares de professoras e professores compartilharam a manifestação de repúdio que o SinproSP divulgou assim que Weintraub, na condição de ministro da Educação, defendeu a prática das gravações.

Só no facebook, foram mais de 12 mil compartilhamentos, mostrando que a categoria exige respeito e não vai se calar diante de ameaças e provocações.