Geral

Oficina no SinproSP chama atenção para o preparo da voz no início do ano letivo

Atualizada em 04/02/2019 21:41

Mais de 50 professores de educação básica e superior participaram da Oficina de Condicionamento Vocal , realizada no SinproSP na manhã de sábado, dia 02/02. Trata-se de um projeto específico para o retorno às aulas, que faz parte do programa de Saúde Vocal do SinproSP.

Segundo a Dra. Fabiana Zambon, fonoaudióloga responsável pelo Programa de Saúde Vocal do SinproSP, os professores trabalham permanentemente em situação de "risco vocal, porque usam muito a voz. "Estudos indicam que os professores usam a voz cerca de três vezes mais do que outras categorias", disse Fabiana. "Além disso, os docentes trabalham em condições adversas, como classes com muitos alunos, falta de adequação acústica, ruídos externos etc ,concluiu a fonoaudióloga.

Esse risco é permanente, mas no início do ano, o impacto sobre a voz é maior. Isso porque, como toda musculatura, as pregas vocais precisam de um tempo para se recondicionar ao uso mais intenso. Sem esse trabalho, o risco de problemas é maior depois de um período mais prolongado de descanso.

Por isso, os professores aprenderam técnicas simples de relaxamento e aquecimento vocal que devem ser feitos sempre. Depois de alguns exercícios, foi possível perceber o resultado positivo na própria oficina.

A fonoaudióloga lembrou que a maior parte dos professores procuram atendimento de fonoaudiologia quando o problema já está instalado e o ideal seria desenvolver um trabalho de prevenção aos problema vocais.

Atendimento fonoaudiológico no SinproSP

Criado há mais de dez anos, o Programa de Saúde Vocal oferece atendimento fonoaudiológico aos professores sindicalizados sem nenhum custo, para prevenção de problemas, aprimoramento da voz ou tratamento, quando a lesão já está instalada.

O atendimento é feito de segunda a sexta das 14h às 17h e aos sábados, das 9h às 12h. O agendamento pode ser feito pelo telefone (11) 5080-5988 ou e-mail: voz@sinprosp.org.br