10/01/2019 15h31

Escolas não podem convocar professores durante o recesso


Após um longo ano de trabalho, os professores entram em recesso escolar. Esse direito é uma conquista da categoria, organizada pela ação sindical, e está assegurado nas convenções e acordos coletivos de trabalho em vigor. O recesso tem duração de 30 dias, durante os quais as escolas não podem, de jeito algum, convocar os professores para o trabalho.

Na educação básica, os trinta dias devem ser corridos. No ensino superior, a divisão é possível desde que já prevista no calendário escolar. Ainda assim, é preciso que pelo menos vinte dias corridos sejam gozados em janeiro. No Sesi e no Senai, o recesso segue calendário específico.

O que você precisa saber sobre o recesso
todas as notícias
|23.03.19 - Assembleia rejeita contraproposta patronal
|18.03.19 - Salários atrasados na Unisantanna: um filme que os professores conhecem bem
|18.03.19 - Inscrições para Páscoa na Colônia de Férias abrem em 31 de março
|15.03.19 - Divulgado reajuste salarial para professores do ensino superior
|13.03.19 - Nota de pesar

Ranking de salários
Logo Twitter Logo SoundCloud Logo YouTube Logo Facebook
Plano de saúde para professores
Cadastre-se e fique por dentro de tudo o que acontece no SINPRO-SP.
 
Sindicato dos Professores de São Paulo
Rua Borges Lagoa, 208, Vila Clementino, São Paulo, SP – CEP 04038-000
Tel.: (11) 5080-5988 - Fax: (11) 5080-5985
Websindical - Sistema de recolhimentos
Baixe o APP na Google Play Baixe o APP na Apple Store