07/06/2018 19h52

Dias de paralisação não serão descontados mediante reposição


Texto alterado em 11/06/2018, às 23h09

A proposta do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) feita no dia 05/06 e aprovada pelas assembleias de professores e escolas determina que não haverá desconto dos dias de paralisação - 23 e 29/05 - mediante reposição das aulas.

Não há uma regra única sobre quando e como a reposição deve ser feita. Em cada escola, professores e direção devem discutir e encontrar a melhor solução.

Se houver dúvida, entre em contato com o SinproSP para ter orientação antes de combinar qualquer coisa. O Sindicato pode tentar entrar na escola para reunir-se com os professores.

E atenção! A escola só pode descontar o(s) dia(s) parado(s) se os professores optarem por não repor as aulas. O acordo do TRT é claro:“as escolas não efetuarão desconto dos dias parados aos professores que se comprometerem a fazer a respectiva reposição.“

todas as notícias
|22.10.18 - Veja como funcionam as eleições do SinproSP
|19.10.18 - Demissão a partir de 16/10 garante salário até janeiro de 2018
|18.10.18 - No SinproSP, profa. Ludmila Costhek fala sobre precarização e resistência
|18.10.18 - Assembleia no SinproSP definirá pauta de reivindicações da Campanha Salarial
|17.10.18 - Professores do Senac têm assembleia em 19 de outubro

Ranking de salários
Logo Twitter Logo SoundCloud Logo YouTube Logo Facebook
Plano de saúde para professores
Cadastre-se e fique por dentro de tudo o que acontece no SINPRO-SP.
 
Sindicato dos Professores de São Paulo
Rua Borges Lagoa, 208, Vila Clementino, São Paulo, SP – CEP 04038-000
Tel.: (11) 5080-5988 - Fax: (11) 5080-5985
Websindical - Sistema de recolhimentos
Baixe o APP na Google Play Baixe o APP na Apple Store