11/05/2018 10h57

Deputado Carlos Giannazi denuncia ataques do sindicato patronal aos professores


Durante sessão plenária da Assembleia Legislativa de São Paulo, em 9 de maio, o deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL) criticou o ataque do Sieeesp (sindicato patronal) aos professores da rede particular de São Paulo.

Em sua fala, o parlamentar afirmou que os professores são as primeiras vítimas das reformas contra os trabalhadores promovidas pelo governo Temer. “O Sindicato dos donos de escola se aproveita da Reforma Trabalhista e da Terceirização para atacar a categoria”, disse. Giannazi alertou que a retirada de direitos dos professores também irá prejudicar a qualidade do ensino oferecido nas escolas.

O deputado ainda lembrou dos requerimentos apresentados por ele na Comissão de Educação e na Comissão de Relações do Trabalho da Alesp. Ambos os documentos solicitam a convocação do presidente do sindicato patronal para explicar os motivos da retirada de direitos dos docentes.

Giannazi também elogiou o trabalho do SinproSP na organização da categoria e convidou a todos para participarem da assembleia dos professores no dia 19 de maio.

Assista abaixo o vídeo na íntegra.

todas as notícias
|25.05.18 - Patrões acenam com possibilidade de retorno das negociações
|24.05.18 - Paralisação dos professores na mídia
|24.05.18 - Professores respondem à ABEPAR
|23.05.18 - Assembleia ganha as ruas. Professores fazem nova paralisação dia 29
|23.05.18 - A lista atualizada da paralisação: 37 escolas atingidas

Ranking de salários
Logo Twitter Logo SoundCloud Logo YouTube Logo Facebook
Plano de saúde para professores
Cadastre-se e fique por dentro de tudo o que acontece no SINPRO-SP.
 
Sindicato dos Professores de São Paulo
Rua Borges Lagoa, 208, Vila Clementino, São Paulo, SP – CEP 04038-000
Tel.: (11) 5080-5988 - Fax: (11) 5080-5985
Websindical - Sistema de recolhimentos
Baixe o APP na Google Play Baixe o APP na Apple Store