07/05/2018 03h21

Nota de solidariedade aos professores e diretores do Sinpro Guarulhos


O Sindicato dos Professores de São Paulo manifesta a sua solidariedade aos professores, estudantes e dirigentes do Sinpro Guarulhos, covardemente agredidos em 03 de maio quando protestavam contra projeto de lei do Escola Sem Partido, em tramitação na Câmara Municipal de Guarulhos.

A agressão praticada por agentes da Guarda Civil Municipal, com bombas de efeito moral e balas de borracha, fere duas garantias constitucionais – o direito à segurança e o direito à livre manifestação.

É obrigação do Poder Executivo de Guarulhos adotar providências para que atos de violência praticados por agentes públicos não mais se repitam e para garantir o pleno exercício de expressão e manifestação.

Sindicato dos Professores de São Paulo

todas as notícias
|24.05.18 - Paralisação dos professores na mídia
|24.05.18 - Professores respondem à ABEPAR
|23.05.18 - Assembleia ganha as ruas. Professores fazem nova paralisação dia 29
|23.05.18 - A lista atualizada da paralisação: 37 escolas atingidas
|23.05.18 - Os professores vão lutar - boletim da Campanha Salarial

Ranking de salários
Logo Twitter Logo SoundCloud Logo YouTube Logo Facebook
Plano de saúde para professores
Cadastre-se e fique por dentro de tudo o que acontece no SINPRO-SP.
 
Sindicato dos Professores de São Paulo
Rua Borges Lagoa, 208, Vila Clementino, São Paulo, SP – CEP 04038-000
Tel.: (11) 5080-5988 - Fax: (11) 5080-5985
Websindical - Sistema de recolhimentos