10/03/2018 15h02

Inflação acumulada na data base é de 2,14%


A inflação acumulada de março/2017 a fevereiro/2018 foi de 2,14%. O último reajuste dos professores foi na data base de março de 2017

O percentual corresponde à média aritmética de três indicadores de inflação: INPC-Ibge, ICV-Dieese e IPC-Fipe. Destes, apenas o primeiro tem abrangência nacional. Os dois últimos medem o custo de vida no município de São Paulo.

Desde 1996, a média desses três indicadores têm sido usada como critério nas negociações salariais para o cálculo da reposição inflacionária, que é apenas umas das demandas de natureza econômica. Há também ganho real, acima da inflação, e participação nos lucros ou resultados.

A pauta de reivindicações dos professores prevê , para um cenário de convenção assinada por dois anos:

Reposição integral da inflação (média Ibge, Dieese e Fipe) em março de 2018 e em março de 2019

Aumento real global (nos dois anos) de 3%

Participação nos lucros e resultados: 24% em 2018 e 30% em 2019

todas as notícias
|24.05.18 - Paralisação dos professores na mídia
|24.05.18 - Professores respondem à ABEPAR
|23.05.18 - Assembleia ganha as ruas. Professores fazem nova paralisação dia 29
|23.05.18 - A lista atualizada da paralisação: 37 escolas atingidas
|23.05.18 - Os professores vão lutar - boletim da Campanha Salarial

Ranking de salários
Logo Twitter Logo SoundCloud Logo YouTube Logo Facebook
Plano de saúde para professores
Cadastre-se e fique por dentro de tudo o que acontece no SINPRO-SP.
 
Sindicato dos Professores de São Paulo
Rua Borges Lagoa, 208, Vila Clementino, São Paulo, SP – CEP 04038-000
Tel.: (11) 5080-5988 - Fax: (11) 5080-5985
Websindical - Sistema de recolhimentos